Vídeos

Loading...

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Assim como na final do Estadual de 1985 Fluminense vence o Bangu no apito!

Em jogo valido pela 3ª rodada do Carioca 2015, o Bangu novamente foi prejudicado pela arbitragem e viu o que seria o gol do empate ser anulado.

Depois de 5 anos o Bangu voltava a jogar no Maracanã, e como não recordar dias históricos do clube ali. Antes da partida o Técnico Mario Marques disse não se emocionar tanto, pois o novo maracanã em quase nada lembra aquele que tem o nome de Maior do Mundo. E no fim da partida também foi inevitável recordar aquela fatídica final do Campeonato Carioca de 1985, onde a arbitragem não marcou pênalti claro de Vica (do Fluminense) em Claudio Adão, ou ainda o gol de Eduardo (goleiro do Bangu) em 2002, onde o árbitro alegou ter encerrado a partida antes da conclusão da jogada.

Luis Felipe faz de cabeça, mas arbitragem anula o gol equivocadamente
Mas nesse dia 08 de fevereiro de 2015 o Bangu mostrou porque sempre foi considerado a 5ª força do futebol carioca e jogou de igual para igual contra o tricolor. Os dois times entraram em busca da vitória, e aos 22 min o atacante Fred abriu o placar após receber cruzamento de Wellington Silva. Já no segundo tempo o Bangu empatou aos 3min, porém o Philip Georg Bennett marcou impedimento. E esta não seria a única lambança da arbitragem, o atacante banguense Matheus Pimenta sofreu uma cotovelada de um jogador tricolor, o árbitro correu em direção aos jogadores já com a mão no bolso traseiro do short, porém na hora de mostrar o cartão, ele mudou de ideia e deu somente o amarelo. Mas aos 29min o atacante Almir fez lindo gol em cobrança de falta, desta vez sem chance para que a arbitragem anulasse o lance. 
Porem aos 39min o atacante Robert conseguiu vencer o goleiro Marcio e fazer o segundo gol do tricolor. No último lance do jogo o volante Magno ainda forçou o goleiro Diego Cavaliere a fazer um grande defesa, conseguindo segurar o placar em Fluminense 2 x 1 Bangu

O goleiro Marcio mais uma vez mostrou que sua contratação foi acertada, e fez defesas muito importantes. Ao final do jogo ele avaliou a partida e o elenco Banguense: “Nosso time foi muito bem, não se intimidou em jogar no Maracanã, com a torcida do Fluminense em cima. Saímos chateados, acho que o empate seria o mais justo, pois tivemos um gol mal anulado”.


O Bangu volta a campo nesta 4ª feira para enfrentar o Botafogo, as 17h no estádio Los Lários, em Xerem.

Fluminense: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Victor Oliveira (Guilherme Mattis - Intervalo), Henrique, Giovanni; Edson, Jean, Vinícius (Walter), Marlone e Lucas Gomes (Robert); Fred.
Técnico: Cristóvão Borges.

Bangu: Márcio; Iago, Sérgio Raphael, Luís Felipe, Guilherme; Ives, Magno, Paulinho Fernandes (Marcudinho), Almir e Wendel (Bruno Luiz); Matheus Pimenta (Anderson Penna). 
Técnico: Mário Marques

Árbitro: Philip Georg Bennet
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia e Daniel de Oliveira Alves Pereira

Cartões amarelos: Henrique, Wellington Silva, Edson (Fluminense); Sérgio Raphael (Bangu)

Gols: Fred e Robert (Fluminense) e Almir (Bangu)

Público: 13.284 (15.572 presentes)
Renda: R$ 306.257,00

No Sub-20 o Bangu foi derrotado por 5 a 0 para o Fluminense, tendo assim 2 derrotas e 1 vitória neste primeiro turno do Carioca Sub-20.



Por Wagner Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário passará por analise da administração do blog. Obrigada.