Vídeos

Loading...

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Saiba um pouco mais sobre o futebol de mesa, também conhecido por “futebol de botão” e conheça o "capitão" do time alvirrubro!

O futebol de mesa, também conhecido por “futebol de botão”, nasceu no início do século passado, quando o futebol ainda era um esporte de elite. Nos subúrbios, usar botões de roupas em um campo riscado no chão para simular um jogo era a forma mais criativa e barata das crianças das classes menos privilegiadas, que não tinham acesso, praticarem um esporte que vinha ganhando grande número de adeptos e rapidamente se transformaria no mais popular do país.
A primeira tentativa de normatização ocorreu já por volta de 1930, no Rio de Janeiro, através de Geraldo Décourt que imprimiu as regras do que chamou de “Football Celotex”. De lá para cá, o esporte cresceu, regulamentou-se, foi oficialmente reconhecido pelo CND em 1988, e atingiu níveis de organização profissionais, embora continue de prática amadora.
Hoje possuindo toda a estrutura de qualquer grande esporte, com Confederações Mundial, Sul-americana e Brasileira, esta reunindo as diversas federações estaduais, está presente em todos os principais clubes de futebol do país, além dos mais importantes clubes sociais. América, Bangu, Corinthians, Flamengo, Fluminense, Friburguense, Goiás, Goytacaz, Náutico, Palmeiras, Portuguesa, Santa Cruz, Santos, Sport e Vasco, por exemplo, possuem Departamentos de Futebol de Mesa.
O Departamento do Bangu surgiu no final de 2007, por iniciativa individual de Marcelo Coutinho. Nascido e criado em Bangu e com fortes ligações familiares com o clube, implantar o esporte no Bangu era um autêntico sonho desde a sua infância. Literalmente com a cara e a coragem, conseguiu ser recebido pelo Presidente Jorge Varela e apresentar seu projeto, que não trazia (como não trás até hoje) nenhum tipo de despesa ao clube.

Com o sinal verde do Presidente Varela, já no início de 2008 Marcelo transferiu sua associação, a tradicional APROFUME (Agremiação Proletária de Futebol de Mesa) para o Bangu, nos primeiros anos funcionando na sede social, com o apoio do Sr. Ângelo Marques. No início de 2013, surgiu a oportunidade de transferir as atividades para o Estádio de Moça Bonita e a equipe, que sempre foi forte, deu um grande salto de qualidade, graças a estrutura fornecida pelo Presidente Varela, que lhe proporciona as melhores condições de treino. Hoje o Bangu tem uma sala exclusiva, aparelhada e equipada, ao nível dos demais grandes clubes.
O Futebol de Mesa é disputado em várias modalidades oficiais, como são chamadas as “regras”. Basicamente a grande diferença entre elas é o formato das “bolas” (que podem ser achatadas, esféricas ou cúbicas), o tamanho das mesas e a duração dos tempos de jogo. Já tendo participado de todas as modalidades, conforme a disponibilidade de atletas interessados, hoje o Bangu dedica-se prioritariamente à Pastilha, ao Sectorball e ao Subbuteo, sendo estas modalidades internacionais. Como integrantes da Seleção Brasileira, Felipe Godinho e Marcelo Coutinho participaram da conquista do Campeonato Sul-Americano de Subbuteo, em 2011, e Bruno Coutinho, Lauro Couto e Marcelo Coutinho, integraram a Seleção Brasileira Vice-Campeã Mundial de Sectorball, em 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário passará por analise da administração do blog. Obrigada.