Vídeos

Loading...

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Após demitir Cleimar Rocha, Bangu anuncia contratação de Alfredo Sampaio


Foto: Divulgação
Após o jogo entre Bangu e Betim, válido pela 1ª fase da Copa do Brasil, o treinador Cleimar Rocha se reuniu com a diretoria do Bangu e ficou acertada a sua saída após decisão tomada em comum acordo. O presidente Jorge Varela agradeceu o empenho de Cleimar e relembrou sua campanha na última temporada.
"O Cleimar chegou aqui no ano passado em um momento muito difícil em que não conseguimos conquistar pontos no Estadual. Ele levantou a auto-estima da torcida e dos atletas levando o clube até à semifinal da Taça Rio. Seu esforço também nos garantiu chegar à final da Copa Rio e conquistar a vaga na Copa do Brasil. O trabalho do Cleimar conosco foi muito competente e foi um orgulho tê-lo em todo esse período", declarou varela.
Por sua vez, o treinador Cleimar Rocha falou sobre sua saída e declarou estar na torcida pelo Alvirrubro nesta recuperação.
"Chegamos à conclusão que deveriam haver algumas mudanças e saio consciente de ter feito um trabalho bom e com muita dedicação. Torço para o Bangu se reerguer nesta caminhada", completou Cleimar Rocha.
Para o lugar de Cleimar, Bangu acertou a contratação de Alfredo Sampaio. O técnico tem 54 anos e começou a carreira como jogador de Fustal, aos 15 anos. Como técnico seu currículo pelos clubes do Rio é extenso, já tendo passagens pelo Bangu no final dos anos 90 e na temporada de 2005 a 2006. O treinador recém-contratado também foi responsável por revelar o mito Ronaldo Fenômeno enquanto comandava o São Cristóvão e foi duas vezes campeão com a Portuguesa da Ilha, além de conquistar a Taça Rio em 2006, pelo Madureira.

VEJA UM BREVE CURRÍCULO DO NOVO TÉCNICO:
CURRÍCULO ALFREDO SAMPAIO
(Admitido em 03/04/2013)

Carioca da Tijuca, Alfredo Sampaio sempre dirigiu equipes pequenas do Rio de Janeiro, como São Cristóvão, onde descobriu e treinou o jogador Ronaldo Fenômeno, antes desse ser vendido para o Cruzeiro, em 1992, aos 17 anos de idade, o Bangu, Portuguesa, America,Itaperuna, Entrerriense, o Friburguense e o Madureira. No Avaí de Florianópolis atuou em grande parte do Campeonato Brasileiro da Série B de 2007 onde acabou em 15º colocado. Ainda no final do ano de 2007, Sampaio deixou o Leão da Ilha de Florianópolis, e em 2008, voltaria a ser treinador do Madureira, mas deixou o clube ao ser procurado para ser auxiliar de Romário, que, para acabar de cumprir o seu contrato com o Vasco da Gama, estava atuando como técnico do clube, carreira que o 'baixinho' nunca pensou em seguir, para atuar como auxiliar técnico, numa parceria. Após a saída de Romário no comando do time do Vasco da Gama, após um desentendimento com Eurico Miranda, na época presidente do time, Alfredo Sampaio assumiu o comando do time. Pouco tempo depois, após uma séria desavença com o jogador Edmundo, ele próprio também deixou o comando do time do Vasco.
Em 2009, voltou a ser treinador do Madureira e do Cabofriense no ano de 2010, assumiu o comando do Americano de Campos, mas ficou pouco tempo no clube, devido a questões familiares. para 2011, assumiu o comando do Boavista, onde a levou até a final da Taça Guanabara de 2011. meses depois assumiu o comando do Duque de Caxias, para a disputa da série B. onde após resultados negativos na competição, foi demitido no dia 23 de junho. em novembro do mesmo ano, acertou seu retorno ao comando do Boavista saindo do clube de saquarema, após a direção demiti-lo por telefone. em setembro desse ano, acertou sua ida para o Volta Redonda. ‎
Além de técnico de futebol, Alfredo Sampaio acumula a função de presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol do Rio de Janeiro (SAFERJ) e de presidente da Federação dos Jogadores de Futebol do Rio de Janeiro.
No cargo de presidente da SAFERJ, Alfredo Sampaio conseguiu significativas vitórias e conquistas a respeito dos direitos trabalhistas dos jogadores de futebol do Rio de Janeiro.

  • Atuou o no Bangu de 1998 a 2001 e de 2005 a 2006


  • Ultimo clube por qual passou foi o Volta Redonda ao qual foi demitido por conta de 3 derrotas consecutivas em 2013 na Taça Guanabara


Comentário do companheiro Ubirajara Manhães no blog do Sidney Resende:

"Espero que o Alfredo inicialmente efetue um trabalho de "bombeiro" se é que me faço entender. Para posteriormente poder fazer um trabalho com mais eficácia. Agora faz-se necessário o afastamento de jogadores que não possuem a mínima.condição de envergar a camisa banguense, lá se encontram por imposição de empresários. Na alegria e na tristeza sou BANGU até morrer!"



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário passará por analise da administração do blog. Obrigada.